Bandeira - Jim Bathurst[retroceder]

Tradução integral de um artigo escrito por Jim Bathurst, que ensina como fazer a bandeira.

 

 

Autor: Jim Bathurst

A bandeira é uma técnica onde uma pessoa se agarra a um objecto vertical com os braços esticados e o seu corpo completamente horizontal com o chão. Feito correctamente, vai ser parecido com isto:

 

#
A bandeira



É fácil de ver porque esta técnica é chamada de bandeira.

Achei que velha fotografia de um equilíbrio duo desempenhado em pavilhão. Esta foi realizada na famosa "Muscle Beach", na Califórnia, E.U.A., por volta dos anos 30's, 40's, ou 50's. Absolutamente incrível. Apenas para mostrar a longa história de habilidades corporais.

 

#
A bandeira


ONDE PRATICAR

A habilidade em si é dura, mas encontrar um local adequado para a treiná-la pode ser difícil também. Terás de manter um olho clínico quando procurares sítios para treinares esta técnica. Para te dar algumas ideias e exemplos, eu pratiquei esta técnica em escadas, em parquímetros, em vedações metálicas, em mastros, em alpendres, num camião em movimento, numa pilha de cadeiras, etc. (ver abaixo)

 

# #



Cada local terá o seu próprio desafio que tu irás descobrindo. Mesmo o meu alpendre (a primeira foto) é um pouco difícil devido a uma maior aderência e postura oblíqua em relação á mão de cima, mas serve para este propósito. Quando procuro um bom sitio para praticar, reparo em quatro coisas:

Estabilidade é o mais importante dos 4 pontos, e deve ser com ele que deves estar sempre preocupado. Os outros factores podem nem sempre ser os ideais mas pode-se sempre trabalhar com eles. À medida que experimentes locais diferentes, vais começar a ter melhores referencias de locais.

O "power rack" é o local que pode ser mais acessível ao grande público e é facilmente ajustável. Apanha em ambas as barras e coloca-as num dos lados. Pode facilmente mudar a altura e espaçamento entre barras para obter a melhor posição.



COMEÇAR

Quando encontras um lugar para praticar, vais quer colocar as mãos em posição. Se conseguires colocar as palmas das mãos uma enfrente da outra, essa será a posição mais forte. Em algo como um poste, eu acho que pondo as palmas das mãos para a frente é mais forte e para algo como um parquímetro, as mãos terão um misto de aderência.

Independentemente de como as tuas mãos estão colocadas, assegura-te que se encontram em linha recta e perpendiculares ao chão. É importante que consigas começar a colocar todas as partes do teu corpo no mesmo plano vertical.

 

#



Assim, com as mãos no sítio, põe a cabeça entre os braços, e o corpo na mesma linha. Se alguma coisa estiver fora de linha, isso irá desequilibrar-te e pôr-te de novo no chão.



LEVANTAR

Agora com as mãos, cabeça e corpo em linha, começar a levantar a perna de fora.

 

#



Levantar a perna de fora para longe, contribui para alinhar o corpo, bem como tornar o "press" para a última posição mais fácil. E por falar em "press", este é o momento de iniciar o "press" com o braço de baixo. Em baixo continuarei a definir o papel de cada braço.

De Qualquer maneira, vais levantar a perna superior, FAZER MUITA FORÇA com o braço de baixo, colocar as pernas juntas, CONTINUAR A FAZER FORÇA!, e colocar-te em linha recta.

 

#



Equilibrar para a frente e para trás não é difícil se mantiveres o corpo em linha recta. A dificuldade encontra-se em conseguires ficar na horizontal.



PERIGOS

Há apenas um grande perigo que pode surgir quando se treina esta técnica - e é se o corpo começa a cair para trás. Se começares a cair para trás, larga imediatamente as mãos e cai sobre os pés. A razão para este aviso é que, se te mantiveres agarrado enquanto o corpo cai para trás, terás uma grande probabilidade de magoar os ombros.

Agora, as subtilezas da técnica, bem como algumas ideias para progredir.



O BRAÇO SUPERIOR

Apesar do que possa parecer, o braço superior não faz muito trabalho. Ele NÃO te coloca horizontalmente como explicarei mais abaixo. Apenas manter o braço direito e segura-te com força.



O BRAÇO INFERIOR

O braço inferior é o segredo por detrás da bandeira. É o que vai fazer o teu corpo manter-se na horizontal, em vez de apenas ficar pendurado. O que queres fazer com o braço inferior é FAZER FORÇA!!! Mesmo muita força e trabalhar para estender o ombro. O ombro em si tem uma amplitude de movimentos muito curta, mas esta amplitude é importante. Se estiveres em bandeira e o ombro não estiver totalmente esticado, precisas de fazer mais FORÇA com o braço inferior.

Elaborei alguns diagramas para ilustrar o meu ponto:

 

#



A primeira imagem ilustra alguém a fazer a bandeira com um desempenho insuficiente em fazer força com o braço inferior. Embora o ombro de cima esteja totalmente estendido (a partir do peso do corpo), o ombro de baixo está fixado mais profundamente. Uma vez que o comprimento dos braços desta pessoa é o mesmo, o resultado é uma inclinação descendente de todo o corpo.

 

#



A segunda imagem mostra o que poderia ser uma reacção instintiva para te tentares nivelar - puxar com o braço de cima. Isto não vai ajudar muito excepto fazer parecer as coisas piores. O ombro superior continua estendido e o ombro inferior não. O corpo continuará a manter-se abaixo da horizontal.

 

#



Agora, aqui na terceira foto, finalmente consegue-se ver o que acontece quando se faz força com o braço inferior. Os ombros estão agora estendidos até ao seu limite. O ombro superior está a ser esticado nessa posição, enquanto o ombro inferior está a ser pressionado para essa posição. Agora, o corpo está finalmente numa verdadeira posição horizontal.



PROGRESSÃO

A melhor maneira de progredir na técnica da bandeira está em trabalhar algo que se assemelha, mas que é um pouco mais fácil. Uma habilidade que se enquadra é uma bandeira com as pernas dobradas.

 

#



A diferença é simples o suficiente de se verificar; simplesmente dobra as pernas quando subires para a posição. Isto irá colocar menos stress sobre os braços e torna um pouco mais fácil fazer força para alcançar a posição horizontal. O equilíbrio é um pouco diferente já que os joelhos e pés irão sair do plano do corpo, mas irás habituar-te quando começares a praticar. Quando conseguires manter-te nesta posição por alguns segundos, tenta a bandeira completa.

Pode ser escasso, mas esta é a progressão que mantive ao aprender a técnica da bandeira. Percebo que a posição das pernas dobradas pode ser impossível para alguns, então pensei em algumas maneiras de tornar a aprendizagem da bandeira. Eu não queria recomendar uma posição que possa ensinar uma má forma da bandeira e vir a revelar-se prejudicial para a realização da mesma. Então, no final, não consegui pensar numa boa técnica progressiva que fosse tão boa quanto ganhar força nos ombros.

Esses exercícios de reforçar os ombro podem incluir a trabalhar em/no sentido de "elevações de pino" focados no fortalecimento do ombro. Se conseguires fazer várias elevações de pino na sua completa amplitude de movimento encostado a uma parede, então estás no bom caminho de conseguir a técnica da bandeira.

 

#



Enquanto estás encostado á parede a trabalhar nas elevações de pino, podes também manter a posição de pino e trabalhar em esforçar os ombros para cima e para baixo. Este é o mesmo movimento que pode ser encontrado no tutorial do pino.

 

# #


Outro exercício que penso ser útil é o de colocar um ou dois livros sobre o solo, e tentar fazer o pino com uma mão no chão, e a outra sobre os livros. Treina no sentido de te conseguires equilibrar apenas com a mão que está sobre os livros. Este exercício trabalhará melhor um ombro que o outro exercício com os dois ombros. A elevação dos livros em relação ao solo ajuda a que não aconteça assistência por parte da mão livre. Podes adicionar ou retirar livros para ajustar a dificuldade.

 

#


Dependendo do teu actual nível de treino, pode levar várias semanas a vários meses para conseguir a força necessária nos ombros. Testa a cada 2 semanas a bandeira de pernas dobradas. Quando te conseguires manter nessa posição por 1 ou 2 segundos, torna esse exercício no teu exercício primário para conseguires fazer a bandeira.



O FIM

Esta é uma habilidade bastante avançada, mas é perfeitamente alcançável se lhe dedicares algum treino sério. É cansativo, portanto o treino terá de ser curto e em curtos períodos de tempo. Lembra-te sempre de manter o corpo ajustado, os braços esticados e de fazer FORÇA, FORÇA, FORÇA com esse braço inferior!

Portanto, aqui está novamente... a bandeira.

 

#
na posição

 

#
levantar a perna para cima e fazer força...

 

#
e feito

 

BOA SORTE!

Tradução por parkour.pt staff.
Autorizado por Jim Bathurst de www.beastskills.com. Todos os direitos reservados.